sábado, fevereiro 18, 2006

In & Out

É uma tendência de movimento que me fascina... o entra e sai... gosto de ficar também propositadamente à porta sem fazer nenhum... ficar a ver o mundo passar... e passar-se, os movimentos ondulantes, os calmos e levemente frenéticos... sentir o "ragout" de emoção ferver e escorrer pelas bordas... da panela, do tacho ou da sertã. O sentir desconcertante dos vapores emanados de lábios insatisfeitos de uma cozinheira sábia e hábil de mãos - Falta de sal, diz ela.
É isto que eu amo... É nisto que morro aos poucos é aqui que me devaneio, é assim que me perco nos prazeres da carne crua... no peixe por amanhar, nos odores dos crus no sentir do crescer a temperatura nos mesmos... nos cozidos, nos grelhados, nos estrelados de céu limpo. Na impaciência do resultado final... mesmo com todo o tempo do mundo...
Gosto tanto de prolongar o tempo como de o reduzir a zero. Gosto de prolongar o prazer... de me tornar um satisfeito insaciável... e de me satisfazer na minha própria insatisfação - falta de sal!
A busca permanente do perfeito, esse que jamais será atingido... nunca o tempero será o mesmo, nunca a temperatura será ideal, os graus passam de alto para baixo de 1's para meios e de meios para 2's.
As razões tantas vezes estranhas, as vontades para sempre eternas...

4 comentários:

Porquê? disse...

Parabéns Zag,
um texto muito profundo, muito filosófico e muito original!!!
Bom domingo

Junior disse...

Adorei o teu texto...demais!!!
Bjocas

Å®t_Øf_£övë disse...

Zag,
Eu também gosto bastante do entra e sai, e de preferência sem ter que fazer nenhum... é tão bom... ih ih ih.
Agora sério, gostei bastante deste teu texto, como quase sempre bastante enigmático, e pelo que me parece com muito para ler nas entrelinhas.
Boa semana para ti.
Abraço.

Visible Silence disse...

Querido Zag
Por onde andas???
Consegues ser mais invisivel do que eu!!!! :)
Tenho saudades de te ler...

Passa no meu cantinho... deixei lá um desafio para ti...
Se não quiseres responder aqui no "Pedaços"... responde nos meus comentários...
Mas responde...
Vou gostar de te voltar a ler...
Beijocas