terça-feira, setembro 27, 2005

Certos pedaços...

Pedaços de querer
Pedaços de desejo
Pedaços de sonho

Mais uns pedaços de memória
E outros de felicidade...
Pedaços sem regresso
Pedaços que Não Posso, Não Quero e Não Vou
Pegar novamente.

Pedaços que se guardam
Apenas e só no espaço e no tempo
A que pertencem.

Pedaços que se arrumam na gaveta da vida
Enquanto seguimos devagar... e sempre em frente.

1 comentário:

Å®t_Øf_£övë disse...

Gilda,
Continuo a gostar muito da tua escrita.
Ainda bem que te motivei a voltares a escrever através dos "Pedaços".
Só por esse motivo a existência deste espaço já valeu a pena.
Quanto aos "Certos pedaços" que nos deixas hoje aqui, eu confesso que pessoalmente gosto muito dos pedaços de desejo, e dos pedaços de felicidade.
E por vezes esses pedaços são tão bons que me recuso a guardá-los na gaveta da vida.
Beijinhos.