sexta-feira, outubro 07, 2005

O sentido da vida

Não sei se a vida é curta ou longa demais pra nós, mas sei que nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas. Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura...enquanto durar....

5 comentários:

Visible Silence disse...

Querida Carlinha,
A vida é linda... não interessa o tempo que ela dura... mas sim o modo como a vivemos... aos bocados, sempre á espera que o que nos faz feliz decida e tenha disponibilidade de aparecer... e então desperdiçamos a vida e nunca somos completos...
ou vivendo-a dia-a-dia, com a felicidade a nosso lado... acarinhando-a e alimentando-a... e então vivemos... temos a vida... não a esperamos.
Não me consolo em viver pedaços de vida... preferia não viver...
Desculpa... mas hoje estou feliz... o dia começou da melhor maneira... como gosto de viver... com amor e em pleno.
Beijinhos e bfs

Porquê? disse...

Carlinha,
o sentido da vida é o sentido que nós lhe queremos dar. Para mim, uma vida sem amor, carinho, amizade, dedicação não é vida. Mas nós é que damos o rumo à nossa vida. Tudo está nas nossas mãos, na nossa capacidade de sabermos aceitar as coisas menos boas como provas pelas quais temos que passar para amadurecermos e sabermos apreciar melhor a vida!
Devemos evitar aquilo que sabemos que nos incomoda, só assim seremos felizes.
Mais um texto lindo! obrigada!!!
Beijinhos e até breve,

menina disse...

A vida nunca é longa demais!Antes pelo contrário! É demasiado curta para vivermos tudo aquilo a que temos direito.
bj

Å®t_Øf_£övë disse...

Carlinha,
A vida é curta ou longa, dependendo da intensidade com que a vivemos, e não tanto na duração em tempo que ela tem.
Todos esses pequenos aspectos de que falas, fazem parte da vida, todos eles são actos de amor, do amor que comanda a vida.
A vida só vale a pena ser vivida se for repleta de amor. E quando assim é, ela parece-nos curta demais.
Bom fds.
Bjs.

Alma Azul disse...

"nada do que vivemos tem sentido, se não tocarmos o coração das pessoas", é bem verdade. O problema muitas vezes é que todos andam demasiado preocupados com o seu próprio umbigo.
bj de bom fim-de-semana