quarta-feira, fevereiro 22, 2006

Encruzilhada

uma reflexão.....

A encruzilhada é um lugar sagrado.
Ali o peregrino tem de tomar uma decisão.
Por isso os deuses costumam dormir e comer nas encruzilhadas.
Onde as ondas se cruzam, concentram-se duas grandes energias - o caminho que será escolhido e o caminho que será abandonado. Ambos se transformam num caminho só - mas apenas por um pequeno período de tempo. O peregrino pode descansar, dormir um pouco, até mesmo consultar os deuses que habitam as encruzilhadas.
Mas ninguém pode ficar ali para sempre: uma vez feita a escolha, é preciso seguir em diante, sem pensar no caminho que deixou de percorrer.
Ou a encruzilhada transforma-se em maldição!

Paulo Coelho

1 comentário:

Å®t_Øf_£övë disse...

Porquê?,
Finalmente voltaste ao "Pedaços"!!!
Depois de 3 meses de ausência... e logo com uma reflexão para fazermos... mas não me vais dizer que estás há 3 meses nessa encruzilhada a reflectir e a consultar os Deuses...
Todos nós na vida temos momentos em que nos sentimos numa encruzilhada como a que descreves e em que apesar de haver vários caminhos todos se confundem aos nossos olhos, e só aos nossos olhos, e parecem-nos um só.
Mas há um momento em que temos que decidir. A vida é isso mesmo - um momento - uma curta passagem pelo tempo. E o tempo é medido por um relógio, o relógio da intensidade da ilusão. Não vale a pena andarmos à procura de um tempo perdido no futuro, nem à procura de um tempo encontrado no passado. Só vale mesmo a pena irmos à procura do tempo perdido no presente, porque no passado se perdeu o nosso tempo do futuro.
Olha para a frente, para o caminho a percorrer, não olhes para trás... para quê fazê-lo?
Bem acho que já me baralhei todo, por isso chega de filosofia barata, mas é que este teu post convida mesmo a isso.
Beijinhos.