segunda-feira, abril 30, 2007

Pontes

Braços estendidos
Pilares profundos
Dedos unidos
A ligar mundos

A luz de um olhar
apontada no escuro
Sorriso a brilhar
Caminho seguro

Saudar com alegria
Todos os visitantes
Fazer da noite dia
Rostos cintilantes

Sonho não é miragem
Nevoeiro não é fumo
A vida é uma viagem
Sem remo e sem rumo

Respeitar a diferença
Dividir com lealdade
Sentimento de pertença
Sinal de igualdade

Homem e Mulher
Alicerces do mundo
Elo que requer
Amor profundo

______________
Pedro Arunca
2007/04/30

3 comentários:

foryou disse...

bonito poema

Å®t_Øf_£övë disse...

Pedro,
Na vida podemos escolher entre ser uma Ponte que une uma margem à outra, ou ser um Muro que separa um território de outro. Se formos Pontes, iremos unir todas as coisas. Se formos Muros, estaremos a dividir, a marcar espaço. Como Pontes, podemos aumentar amizades. Como Muros, aumentamos divisões e isolamentos... tornamos a vida mais solitária. De nada nos serve sermos Muros. Sejamos Pontes, verdadeiras fontes de amizade e de união.
A escolha é sempre nossa... minha... ser Muro... e ficar sozinho, ou Ponte... e ter sempre a alegria da companhia na minha vida.
Eu escolhi ser uma Ponte para a vida, para poder passar nela, para conhecer novas pessoas, para me deixar levar... sem nunca deixar de pensar no que posso ter para ver para além de cada Ponte...
Por tudo isto Pedro, fico muito contente por te ver inserido na "família" do "Pedaços de Nós", e por ajudares a fazer deste espaço uma Ponte de contacto, e um elo de ligação entre todos nós.
Abraço.

Ana disse...

Pedro,

São muitas as Pontes que podemos atravessar...

Ao longo da vida deparamo-nos com muitas, de muitos tipos.
Muitas vezes, cabe-nos a nós decidir se a atravessamos ou não.Elas poderão levar-nos ao lugar desejado, mas tambem nos fazem partir ao desconhecido.
Poderão guiar-nos pela tristeza, mas tambem poderão levar-nos ao Paraíso.

Optar por não atravessar uma Ponte ou impedir que alguem a atravesse até nós, poderá ser a diferença entre Viver e Não Viver.

Beijinhos

Ana