terça-feira, setembro 18, 2007

2º Aniversário

Parabéns ao "Pedaços de Nós"

Parabéns a todos nós...



Porquê o Cubo Mágico?
Provavelmente porque representa um pouco de cada um de nós aqui no "Pedaços"...
Umas vezes com todas as nossas "cores" em sintonia... outras vezes com as "cores" completamente desligadas umas das outras...
O Cubo Mágico representa um pouco o que é viver... existir... um verdadeiro quebra-cabeças, em que tentamos arranjar maneira de encaixar de forma perfeita todos os pormenores e objectivos da nossa vida.
Na vida, como para resolver o Cubo Mágico, há que ter a capacidade de virar e revirar as peças até obtermos as suas seis faces cada uma com a sua cor. Mas para isso há que conhecer bem o cubo, afeiçoá-lo, alimentá-lo, e dar-lhe um pouco de colinho e carinho, porque os cubos são muito sensíveis, tal como a vida... tal como o "Pedaços de Nós".

9 comentários:

Å®t Øf £övë disse...

Quem não se lembra do Cubo Mágico?
Das inúmeras tentativas desesperadas para o conseguir fazer... e a alegria de conseguir fazer pelo menos duas das suas seis faces com a mesma cor???
E a batotice de o desmontar e montar como se o tivéssemos conseguido terminar???
Lembro-me bem, e nunca o irei esquecer, por isso ainda hoje guardo comigo um exemplar com o qual por vezes me entretenho para recordar a minha adolescência.
Achei muito interessante esta analogia entre o Cubo Mágico, a vida, e o "Pedaços".
Dizes que o Cubo Mágico requer atenção e dedicação... tal como a vida... tal como o "Pedaços"... e por vezes este "cubo" necessita mesmo de muita dedicação para se conseguir mover sem que se corra o risco das suas peças enferrujarem.
E a verdade é que nem sempre tem sido fácil. Tal como numa família com laços de sangue, também no "Pedaços" tem sido necessário enfrentar as dificuldades inerentes a qualquer família. Sim, porque é disso que se trata quando falamos do "Pedaços de Nós", de um conjunto de pessoas emocionalmente ligadas, com dinâmicas próprias que partilham as suas "histórias" em pequenos pedaços, porque cada família é uma família, e a nossa é baseada num sistema de comunicação em interacção constante, com normas e regras, ritmos, mitos, intimidades, linguagens verbais, estilos de vida diferenciados, afectos, gestão de conflitos, partilhas de crenças, com valores e visões do mundo diferentes, em que se respeitam os espaços individuais de cada um.
E como nada é imutável, também o "Pedaços de Nós" tem passado por diversas fases...
Como se costuma dizer "everything must change, nothing stays the same, and everyone will change, because no one stays the same".
Por esta família passaram ao longo destes dois anos cerca de 30 pessoas. Algumas há que partilham este espaço desde o início, e como tal têm ajudado a acolher quem aqui chega de novo, ao mesmo tempo que têm visto partir alguns. Uns por vontade própria, outros devido a agruras e vicissitudes que a vida infelizmente por vezes nos reserva.
Tenho esperança que neste terceiro ano em que vamos entrar seja possível mantermo-nos todos unidos, e tentarmos acolher da melhor maneira os novos membros que possam surgir para esta família tentando fazê-los sentir em casa.
Também não queria deixar de fazer uma referência personalizada a todos aqueles que se foram mantendo mais participativos durante este ano que agora termina. Daí o meu muito obrigado pelo seu grande contributo e empenho à Nefertiti, à Litinha, à Ana, à foryou, à Dä®k Añgë£, ao Pedro Arunca, à Porquê?, e à Visible Silence.
A todos os outros membros desta família, eu diria que continuam a ser muito importantes, e que o vosso contributo é não só esperado como muito desejado.
Afinal estamos todos de PARABÉNS.
Beijinhos e abraços a todos.

Dä®k Añgë£ disse...

Visible,
Dizes que "o Cubo Mágico representa um pouco o que é viver... existir..."
Para mim existir é vaguear, andar pelas ruas observando, e olhando curiosamente cada olhar, cada sorriso, cada gesto.
Gosto de vaguear pelas ruas e pensar sobre o bem, e sobre o mal... sobre o perverso, e sobre o pudico. Gosto de fugir de mim, e fechar-me no irreal, na utopia, e na ilusão.
Gosto de existir no corpo, de desistir da alma, e de correr com tudo... com ideias, com tabus, com sonhos, com ilusões... correr comigo própria, e partir para algo abstracto, indefinido... procurando o infinito...

Quanto a este cubo que é o "Pedaços de Nós", eu adoptei-o como meu, e jurei-lhe fidelidade. Estou até a planear "casar" com ele. :) Sei no entanto que isso não é bem visto, nem do agrado de algumas pessoas, e é aí precisamente que está o busílis da questão...
Será que posso efectivamente ajudar este "cubo"?
Serei eu digna de confiança suficiente para executar tal tarefa?
Às vezes fico a pensar que sou apenas alguém que gosta de complicar certas coisas simples. Alguém que gosta de contrariar tudo o que é amargo para o tornar doce. Ou apenas alguém que gosta de chocolate... no fundo... uma pessoa normal!!!
Será que sou???
Mas afinal que interessa tudo isto hoje???
O importante mesmo é estarmos todos de PARABÉNS!!!
Beijinhos.

Pedro Arunca disse...

PARABÉNS a "NÓS"!
Aqui me despedaço em bocados de mim. Juntos, fazemos uma bela manta de retalhos. Gostaria de ver mais participações neste blogue bem como mais comentários. Este cubo tem muitas combinações possíveis, e capazes, de fazer mais qualquer coisa por esta blogoesfera mágica: o Mundo.

Sugestão: renovar o visual para o novo ano.

Obrigado a "VÓS".

Até blogo.

Litinha disse...

Volvidos que foram mais 365 dias, o Pedaços de Nós vence e celebra mais um aniversário. O segundo. A confirmação da expectativa que foi criada aquando da sua criação, estou convicta!
Que o terceiro continue a enriquecer a bagagem de memórias do Pedaços e que solidifique mais, se possível, os laços que nos unem. Que as faces deste “cubo” nunca cheguem a ser coloridas duma só cor, ao contrário do objectivo do “Cubo Mágico”... Que as “cores” se misturem...
Continuo (apesar dum “pequeno” período de interrupção) a considerar este espaço como fazendo parte de mim, dos meus planos. Quero continuar aqui, sempre que me seja possível e assim me seja permitido. Reitero, hoje, o meu propósito de algum tempo atrás. A diversidade de temas abordados, a interacção entre as personalidades que definem cada membro desta família, tiveram e continuam a ter, em mim, um efeito muito positivo e cativante.
Parabéns! Parabéns a todos nós, a todos que continuam a acreditar que este projecto é capaz! Quero felicitar, em particular, aquele que de uma forma tão discreta e incansável tem amparado e solidificado esta ténue “linha” que nos une... Art, tu, mais do que qualquer um de nós, está de parabéns... Obrigada pela tua contínua crença no ser humano, nomeadamente, naqueles que acolhes aqui, nesta “família”.
Beijinhos a todos.

Nefertiti disse...

Parabéns! Parabéns a todos nós!

Que o "Pedaços de Nós" continue a ser um pedaço de cada um de nós!...

Obrigada, Art.

A todos, beijinhos.

Alx disse...

Têm feito um trabalho louvável.

Os meus sinceros Parabéns a cada Pedaço.

Beijos e abraços.

Alexandra

Ana disse...

Parabéns ao "Pedaços" e parabéns a toda esta família da qual eu me orgulho de fazer parte!

Apesar de, nos últimos tempos, andar um pouco silenciosa, tanto a nível de textos como a nível de comentários, mantenho-me sempre atenta a este espaço e a cada palavra que aqui vai sendo deixada.
Como já aqui foi dito, todos nós temos fases mais participativas e outras de algum afastamento... são fases durante as quais precisamos fazer uma pausa para tentar arrumar algumas peças do tal "Cubo Mágico" que é a nossa vida.
Espero conseguir arrumar as minhas bem depressa e voltar aqui muito em breve.

Até lá, continuarei a ler-vos, com muito prazer e carinho.

Parabéns a todos!

Bjinhos

Shiazinha@pensar.ou.@iludir-se... :-)* disse...

Querida Família: :D

É com um enorme carinho que aqui venho para felicitar este Cantinho magnífico do qual me orgulho em fazer parte. Não tenho tido muito tempo para dedicar aos Blogs, embora esteja aos poucos a tentar voltar para não deixar morrer o bichinho da escrita.

Cada vez que aqui venho leio e releio com os sentimentos à flor da pele cada experiência, cada sentimento partilhado.

Sinto que acima de tudo somos uma Família, daquelas em que ninguém exige nada de ninguém, a não ser aquela palavra certa que nos conforta o Coração.

Sim!?

Porque quando aqui venho, procuro a vossa Amizade e o Calor Humano das vossas palavras e revejo os meus sentimentos nos vossos.

Obrigado pelo vosso carinho, pela vossa Amizade, pelas palavras ternas que me dão alento e me fazem nunca querer desistir de Amar e de acreditar que a Vida vale a pena e que existem pessoas como vocês que valem a pena.

Uma Boa Semana e um beijo com Saudade nos vossos Corações.
Voltarei para vos ler e sentir!

Obrigado Visible Silence pela Homenagem. Já sabes que te adoro e semprei te adorarei. ;)**

Fica bem, Amiga!

Tazaroteno disse...

Desculpem os meus parabens tardios mas não tenho andado muito bem principalmente agora que cheguei de Buenos Aires e não sei o que fazer a vida,

Um grande beijinhos e um abraço a todos