segunda-feira, outubro 10, 2005

pedaços ... de outros ...

Que país é este...

Onde o Primeiro-Ministro (deveria escrever em letra minúscula?) vai ao futebol - de Lisboa a Aveiro - de Falcon??

5 comentários:

Å®t_Øf_£övë disse...

Elsa,
A minha opinião é que não devias escrever "Primeiro-Ministro" em letras minúsculas, porque essa atitude dele está de acordo com os padrões habituais do seu próprio país.
Senão vejamos... que país é este onde existem casos como:
O do ministro Morais Sarmento, membro do governo, que foi a S. Tomé, de Falcon.
O D.José Policarpo também foi de Falcon para Roma, para ir ao funeral do seu chefe. Seja ele quem for. Não se justifica. Há aviões de todas as companhias aéreas, que voam todos os dias para Roma.
O Santana Lopes também foi para Monte Real de Falcon em plena campanha eleitoral.
E nós os portugueses é que pagamos as viagens de Falcon...
Por isso os palhaços aqui somos mesmo nós!!!
E eu também vou começar a tentar ir trabalhar todos os dias de Falcon.
:-)
Achas que consigo convencer alguém da minha extrema necessidade de o fazer de Falcon?
Devo ter tantos motivos como todos os outros...
Bjs.

Tazaroteno disse...

A maior satisfação que tenho é que dizem que os falcon poderam ter problemas de fiabilidade, pode ser que nos façam serviço publico e caiam cheios de politicos e gente daquela comunidade de indios.

Dulcineia disse...

Pois.Imaginem cá a Dulcineia a chegar ao emprego de Falcon...Cá em casa adorariam a ideia.É que eu ainda não perdi o mêdo de conduzir e ando sempre a pedir boleia.Se souberem como hei-de voltar á estrada digam-me.Há por aí algum candidato(a)a instrutor?

Visible Silence disse...

Elsa,
É triste... mas a vida é mesmo assim... quando lhes interessa são todos palavrinhas sensatas... moralistas apontando o dedo... depois quando chegam ao poleiro cometem os mesmos erros... ou piores...
O que me preocupa verdadeiramente é que não é só no nosso cantinho à beira-mar plantado... em todo o mundo é assim... o que me leva a concluir que não há solução para o caso...
Começo mesmo a acreditar que tais comportamentos são inerentes aos cargos...
E o mal é que nós andamos tão preocupados a viver a vida que eles nos definem que nem temos tempo ou forças para pôr termo a isto...
Bem... parasitas haverá sempre...
Bom resto de semana...

Å®t_Øf_£övë disse...

Ó Tazaroteno,
A mim parece-me que quem precisa de um Falcon és tu.... não sei porquê... mas que precisas... precisas...
Abraço.