domingo, maio 21, 2006

"Liberta-me"



DIREITOS DOS ANIMAIS


Artigo 1º
1. Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência.

Artigo 2º
1. Todo o animal tem o direito de ser respeitado.
2. O homem, enquanto espécie animal, não pode atribuir-se o direito de exterminar os outros animais ou de os explorar, violando esse direito. Tem a obrigação de empregar os seus conhecimentos ao serviço dos animais.
3. Todos os animais têm direito à atenção, aos cuidados e à protecção do homem.

Artigo 3º
1.
Nenhum animal será submetido a maus-tratos nem a actos cruéis.
2. Se a morte de um animal é necessária, esta deve ser instantânea, indolor e não geradora de angústia.

Artigo 4º
1.
Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático, e a reproduzir-se.
2. Toda a privação de liberdade, incluindo aquela que tenha fins educativos, é contrária a este direito.

Artigo 5º
1. Todo o animal pertencente a uma espécie que viva tradicionalmente em contacto com o homem, tem o direito a viver e a crescer ao ritmo das condições de vida e liberdade que sejam próprias da sua espécie.
2. Toda a modificação do dito ritmo ou das ditas condições, que seja imposta pelo homem com fins comerciais, é contrária ao referido direito.

Artigo 6º
1. Todo o animal que o homem tenha escolhido por companheiro, tem direito a que a duração da sua vida seja conforme à sua longevidade natural.
2. O abandono de um animal é um acto cruel e degradante.

Artigo 7º
1. Todo o animal de trabalho tem direito a um limite razoável de tempo e intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso.

Artigo 8º
1.
A experimentação animal que implique um sofrimento físico e psicológico é incompatível com os direitos do animal, quer se trate de experimentações médicas, cientificas, comerciais ou qualquer outra forma de experimentação.
2. As técnicas experimentais alternativas devem ser utilizadas e desenvolvidas.

Artigo 9º
1. Quando um animal é criado para a alimentação humana, deve ser nutrido, instalado e transportado, assim como sacrificado sem que desses actos resulte para ele motivo de ansiedade ou de dor.

Artigo 10º
1. Nenhum animal deve ser explorado para entretenimento do homem.
2. As exibições de animais e os espectáculos que se sirvam de animais, são incompatíveis com a dignidade do animal.

Artigo 11º
1. Todo o acto que implique a morte de um animal, sem necessidade, é um homicídio, ou seja, um crime contra a vida.

Artigo 12º
1. Todo o acto que implique a morte de um grande número de animais selvagens é um genocídio, ou seja, um crime contra a espécie.
2. A contaminação e destruição do ambiente natural conduzem ao genocídio.

Artigo 13º
1.
Um animal morto deve ser tratado com respeito.
2. As cenas de violência nas quais os animais são vítimas, devem ser proibidas no cinema e na televisão, salvo se essas cenas têm como fim mostrar os atentados contra os direitos do animal.

Artigo 14º
1. Os organismos de protecção e salvaguarda dos animais devem ser representados a nível governamental.
2. Os direitos dos animais devem ser defendidos pela Lei, assim como o são os direitos do homem.

Esta declaração foi proclamada em 15 de Outubro de 1978 e aprovada pela UNESCO, e posteriormente, pela ONU.


Escutem este apelo e vejam a apresentação “Free Me”, uma das apresentações sobre sofrimento animal mais vistas.

2 comentários:

Å®t_Øf_£övë disse...

Nefertiti,
Gostei de te ver trazer aqui este assunto, porque ele é revelador de toda a tua sensibilidade.
Deixo-te agora algumas frases que são bem esclarecedoras sobre aquilo que muitas vezes significa o que nós (raça humana) fazemos/pensamos sobre os animais.

"A questão não é «eles pensam?» ou «eles falam?». A questão é: «eles sofrem»!"

"A nossa tarefa deveria ser libertarmo-nos ... aumentando o nosso círculo de compaixão para envolver todas as criaturas viventes, toda a natureza e a sua beleza"

"Entre a crueldade para com o animal e a crueldade para com o homem, há uma só diferença: a vítima"

"O Homem tem feito na Terra um inferno para os animais"

"O Homem é o único animal que consegue estabelecer uma relação amigável com as vítimas que ele pretende comer"

"Eu temo pela minha espécie quando penso que Deus é justo"

"Um indivíduo animal precisa de cuidados; não porque a sua espécie esteja em extinção, mas sim porque esse indivíduo está a sentir dor"

"Jamais acredites que os animais sofrem menos do que os humanos. A dor é a mesma para eles e para nós. Talvez pior, pois eles não se podem ajudar a si mesmos"

"Não podemos ver a beleza essencial de um animal enjaulado, apenas a sombra da sua beleza perdida"

"Os cães amam os seus amigos e mordem seus inimigos; bem diferente das pessoas, que são incapazes de sentir amor puro e têm sempre que misturar o amor e o ódio nas suas relações"

"O erro da ética até o momento tem sido a crença de que só se deva aplicá-la em relação aos homens"

"Eu tenho uma única preocupação: o sofrimento que nós deliberadamente infligimos nos animais enquanto estão ainda vivos"

"Matar um animal para fazer um casaco é um pecado. Nós não temos esse direito. Uma mulher realmente tem classe quando rejeita que um animal seja morto para ser colocado sobre os seus ombros. Só assim ela será verdadeiramente bela"

"No começo do Gênese está escrito que Deus criou o Homem para reinar sobre os pássaros, os peixes e os animais. É claro, o Génese foi escrito por um homem, e não por um cavalo. Nada nos garante que Deus desejasse realmente que o homem reinasse sobre as outras criaturas. É mais provável que o homem tenha inventado Deus para santificar o poder que usurpou da vaca e do cavalo"

"Matar animais por desporto, prazer, aventura e pelas suas peles é um fenómeno que ,é ao mesmo tempo cruel e repugnante. Não há justificativa na satisfação de uma brutalidade dessas"

"De todas as espécies, a humana é a mais detestável. Pois o Homem é o único ser que inflige dor por desporto, sabendo que está causando dor"

"Se a inteligência é fonte de superioridade e os animais são seres inferiores, então também haverá ser humanos superiores, porque são mais inteligentes que outros, e logo seres humanos inferiores, o que conduziria a que existissem uns com mais direitos que outros. Os animais têm tanto direito a não sofrer como os humanos"

"Até pararmos de prejudicar todos os outros seres do planeta, nós continuaremos selvagens"

"O dinheiro te comprará um lindo cão, mas jamais comprará o abanar do seu rabo"

"Enquanto estivermos matando e torturando animais, vamos continuar a torturar e a matar seres humanos - vamos ter guerra. Matar precisa ser ensaiado e aprendido em pequena escala; enquanto prendermos animais em gaiolas, teremos prisões, porque prender precisa ser aprendido em pequena escala; enquanto escravizarmos os animais, teremos escravos humanos, porque escravizar precisa ser aprendido em pequena escala"

"Primeiro foi necessário civilizar o homem em relação ao próprio homem. Agora é necessário civilizar o homem em relação a natureza e aos animais"


Todas estas frases são realmente esclarecedoras...

Beijinhos.

Nefertiti disse...

Art,
Efectivamente as imagens e as palavras falam por si.
Nelas está bem patente a natureza do "bicho homem"!
Beijinhos.