terça-feira, setembro 05, 2006

Nunca te detenhas...

Tem sempre presente que a pele se enruga,
o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos...
Mas o que é importante não muda;
A tua força e convicção não têm idade.
O teu espírito é como qualquer teia de aranha.
Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estejas viva, sente-te viva.
Se sentes saudades do que fazias, volta a faze-lo.
Não vivas de fotografias amarelecidas...
Continua, quando todos esperam que desistas.
Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti.
Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.
Quando não consigas correr através dos anos, trota.
Quando não consigas trotar, caminha.
Quando não consigas caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca te detenhas!

(Madre Teresa de Calcutá)

2 comentários:

Shiazinha@pensar.ou.@iludir-se... :-)* disse...

Olá Nefertiti :)

Este texto está fantástico. A Madre Teresa tinha talentos ocultos. Espero que estejas bem e obrigada pela partilha desta tão preciosa lição de vida.

Boa semana.

Å®t_Øf_£övë disse...

Nefertiti,
Na verdade não devemos limitar-nos a assistir à passagem do tempo. Temos sempre que fazer a nossa parte para que a idade não nos impeça de viver como merecemos e queremos.
Li uma frase, cujo autor desconheço, que diz simplesmente isto:
"Maturidade, é a arte de viver em paz com aquilo que não podemos modificar"
Eu acrescentaria que maturidade também é o facto de sabermos o que podemos, se não modificar, pelo menos amenizar, para que os anos cheguem mais suavemente.
O tempo cobra sempre o seu tributo. Ninguém passa incólume. O que se deve fazer é controlar os seus efeitos para que não sejam devastadores.
Quanto ao que é "imodificável", temos que saber aceitar. Não adianta revoltarmo-nos contra as alterações que a idade provoca em nós. Temos é que saber viver com isso.
Eu costumo dizer que a idade não está no nosso BI, mas sim dentro da nossa cabeça. Quem mantém um espirito jovem, será sempre uma pessoa nova idependentemente da idade.
Beijinhos.