quarta-feira, novembro 07, 2007

Estado de espírito

As criticas não me abalam
Os elogios não me iludem
Sou o que sou e não o que dizem
Vivo o presente
Temo o futuro e foda-se para o passado!

2 comentários:

Å®t Øf £övë disse...

Tem calma contigo rapaz... isto até parece um grito de revolta. Tens-nos dito aqui que não sabes o que fazer da vida... tens-nos falado em missões impossíveis... em barreiras físicas... em distâncias inultrapassáveis... em kilometros...!!!
Nunca te esqueças das palavras de Richard Bach em que ele diz que "não há longe nem distância", porque se quiseres muito estar com alguém, então já lá estás, porque os sentimentos ultrapassam o tempo, as horas, e os dias.
Nunca desistas de olhar para o futuro com optimismo, mas também não é preciso mandares foder o passado(!!!). Vai sempre olhando para o que ficou para trás, para assim poderes tirar dai os melhores ensinamentos.
Vive o presente, enfrenta o futuro, e recorda o passado...
Abraço.

Litinha disse...

Tazaroteno,
Corroboro da opinião do Art... isto até parece um grito de revolta!...
Se assim for, muito pouco tenho a dizer-te... apenas que reflictas no seguinte:

"No fundo do poço, há sempre uma cama elástica"! You must believe !...

E posso afiançar-te que há... eu sei!...

Beijinhos.