quarta-feira, novembro 14, 2007

O Meu Olhar Sobre o Mundo

Os Açores deixa-nos a sensação brutal de deturpação dos sentidos.
Olhando para o horizonte, e para o céu muitas vezes marcado pelas nuvens pesadas, a primeira sensação com que se fica é de ausência, mas simultaneamente sentimos a possibilidade de encontrar ali um qualquer chamamento.

É quase impossível perceber o que provoca em nós um misto de nostalgia e irresistibilidade que nos deixa sem palavras. Não estou a falar da magnificência da paisagem, das cores, ou do bombardeamento dos sentidos.

Bem pelo contrário, porque as paisagens são relativamente monótonas, marcadas pelo verde e pelo castanho, às quais se juntam as variações que se extremam entre o amarelo e o cinzento, quase sempre marcadas pelo intenso filtro solar de luz a que as nuvens obrigam.

Se há coisas que se explicam melhor com os silêncios do que com as palavras, os Açores são um bom exemplo disso...

fotografias: Å®t Øf £övë
música: "Alma Mater"

4 comentários:

Litinha disse...

Art,
Há mesmo imagens que valem mais que mil palavras, não é?
Se bem que a descrição do “Teu Olhar Sobre o Mundo” foi de tal forma conseguida que me transportou para lá, para o sítio que desconheço... e só mesmo uma magnífica fotografia, tal como as que partilhas connosco, para lhe dar corpo, torná-lo real aos nossos olhos... Parabéns!
A música... bem, a música, é a cara deste teu olhar!... Lindíssima!... Sem mais!...
Beijinhos.

Dä®k Añgë£ disse...

Art,
Já lá estive várias vezes. São Miguel é lindíssimo para quem aprecia a natureza e a calma. Tem uma beleza inigualável, repleta de magia e encanto. As pessoas são afáveis, e têm uma cultura um pouco diferente onde as prioridades de vida não se transgridem, e em que a calma impera.
Beijinhos.

Alx disse...

Art,
não és o primeiro a quem "ouço" traduzir esta ideia. A primeira pessoa, foi um prof. natural de lá. Pensei que fosse essa a causa, afinal talvez não seja...

Belas fotografias!

Bjs

Alexandra

Tazaroteno disse...

Como eu te entendo é um sitio que me agrada muito em visitar, confesso que sou fã dos Açores, só mais um bocadito de sol e era perfeito.

Um Abraço
Taz